Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 15 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

conjuntura internacional

Alterada em 15/11 às 10h56min

Rússia e Venezuela assinam acordo de reestruturação da dívida

O Ministério das Finanças da Rússia diz que assinou nesta quarta-feira, em Moscou, um acordo para reestruturar a dívida da Venezuela. A previsão é de que a Venezuela pagará sua dívida de US$ 3,15 bilhões à Rússia em dez anos. Os pagamentos serão "mínimos" durante os primeiros seis anos.
O Ministério das Finanças informou ainda que o acordo de reestruturação da dívida permitirá que a Venezuela aloque mais fundos para o desenvolvimento econômico.
O acordo foi assinado um dia depois de a Venezuela ter hospedado investidores estrangeiros para discutir estratégias para reorganizar sua dívida.
A Venezuela usou sua riqueza de petróleo para investir em programas sociais, na gestão do falecido presidente Hugo Chávez. A queda nos preços mundiais do petróleo provocou uma derrocada da economia, em meio uma inflação de três dígitos.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia