Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 10 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Indústria

Alterada em 10/11 às 12h29min

Nível de emprego na indústria cai 0,02% em outubro ante setembro, diz Fiesp

O nível de emprego na indústria paulista caiu 0,02% em outubro na comparação com setembro na série com ajuste sazonal, informou nesta sexta-feira (10) o Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon), da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp). A Fiesp classifica esse movimento como estabilidade e destaca que, sem ajuste, houve avanço de 0,11%, com a criação de 2,5 mil vagas, algo que não acontecia desde 2010 (0,02%).
Segundo o diretor titular do Depecon, Paulo Francini, as duas altas consecutivas sinalizam uma recuperação da atividade industrial no Estado. "Apesar de ainda estar em baixa intensidade, essa recuperação é persistente", avalia Francini.
Frente a outubro de 2016, houve queda mais forte, de 2,39%, com a eliminação de 53.500 vagas no período. Já no acumulado de 2017, o saldo é positivo em 9 mil postos (0,42%).
Entre os 22 setores, a metade teve resultado negativo, três ficaram estáveis e oito, positivos. O principal destaque de retração, foi o segmento de couro e calçados (-778). Do lado oposto, o melhor desempenho foi de máquinas e equipamentos, com geração de 2 mil postos de trabalho.
Tanto na Grande São Paulo (0,33%) quanto no interior paulista (0,03%) houve aumento do nível de emprego em outubro na série sem ajuste sazonal, diz a Fiesp. Já entre as 36 diretorias regionais, 17 tiveram retração, com destaque para Santa Bárbara D'Oeste (-2,62%). No caso das 16 que apresentaram expansão do emprego, o melhor desempenho foi de Matão (1,91%).
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia