Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 08 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Petróleo

Alterada em 08/11 às 14h12min

Estoques de petróleo nos EUA contrariam estimativas de queda e avançam

Os estoques de petróleo dos Estados Unidos subiram 2,237 milhões de barris na semana passada, para 457,143 milhões, informou o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês). A alta contrariou as estimativas de analistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam queda de 2,1 milhões de barris.
Os estoques de gasolina, por sua vez, recuaram 3,312 milhões de barris, para um total de 209,537 milhões, acima da expectativa de queda de 1,8 milhão. Os estoques de destilados também tiveram queda de 3,359 milhões de barris, maior do que a estimativa de recuo de 1,2 milhão.
Já os estoques de petróleo em Cushing subiram 72 mil barris, para um total de 64,559 milhões. A taxa de utilização da capacidade das refinarias americanas passou de 88,30% para 89,6%. A produção diária de petróleo também subiu, indo de 9,553 milhões de barris para 9,620 milhões, o maior nível desde 1983.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia