Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 01 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Alterada em 01/11 às 16h15min

Começa segunda etapa de vacinação contra febre aftosa no Rio Grande do Sul

Meta da secretaria da Agricultura para este ano é superar os 90% de imunização dos bovinos e bubalinos

Meta da secretaria da Agricultura para este ano é superar os 90% de imunização dos bovinos e bubalinos


FERNANDO DIAS / SECRETARIA DE AGRICULTURA RS/DIVULGAÇÃO/JC
A segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa no Rio Grande do Sul tem início nesta quarta-feira (1º). Devem ser imunizados cerca de cinco milhões de bovinos e bubalinos, de zero a 24 meses de idade. A campanha se estende até o dia 30 de novembro.
Os produtores rurais devem adquirir as doses necessárias para a vacinação em casas agropecuárias credenciadas para a comercialização da vacina pela secretaria estadual da Agricultura. Posteriormente, a imunização deve ser comprovada através da apresentação da nota fiscal de compra e declaração da quantidade de animais vacinados, por categoria, nas Inspetorias locais de Defesa Agropecuária.
O prazo máximo para a comprovação da vacinação é de cinco dias úteis após o término da etapa. A meta da secretaria para este ano é superar os 90% de cobertura vacinal. Na primeira etapa de vacinação, em maio, o índice chegou a 98,92% do rebanho.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia