Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Frases e Personagens

Notícia da edição impressa de 07/11/2017. Alterada em 06/11 às 20h00min

Frases e personagens

Nelson Marchezan Júnior

Nelson Marchezan Júnior


FREDY VIEIRA/JC
"Do presidente honorário do Conselho Consultivo da Stihl, Hans Peter Stihl, recebemos a doação de equipamentos que irão auxiliar as equipes da Secretaria de Serviços Urbanos. Todas as pessoas que irão manejar os equipamentos receberão o treinamento adequado antes de utilizá-los em serviço. Acreditamos que a união é o caminho para superarmos as adversidades." Nelson Marchezan Júnior (PSDB), prefeito de Porto Alegre.
"O Rio de Janeiro precisa redescobrir e redesenhar suas vocações, porque se encontra em estágio terminal em razão das crises que atravessa. Precisamos botar a cabeça no lugar, tendo em vista o estado terminal que eu associo à condição do Rio. Essa palavra é forte. Realmente é forte, mas precisa ser encarada. O que imaginamos para nós terminou. Acabou-se." Paulo Rabello de Castro, presidente do Bndes.
"O Rio de Janeiro ficou politicamente desmoralizado desde que o estado da Guanabara e o estado do Rio foram unidos na ditadura militar, em 1975, sem que houvesse um debate." Também Paulo Rabello de Castro.
"A expectativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 12 meses sobe gradualmente para 3,2% no fim de 2017 e avança até se estabilizar no segundo semestre do próximo ano em patamar próximo de 4,3%. A tendência é de estabilidade nos meses que estão pela frente." Ilan Goldfajn, presidente do Banco Central.
"A taxa média de juros no crédito livre para pessoas físicas e empresas caiu 10,3 pontos em 12 meses até setembro de 2017, para 43,3% ao ano. A queda foi liderada pela redução do custo para as famílias, cujo estoque de empréstimos cresceu 2,4% no mesmo período. O saldo das operações para empresas, ao contrário, diminuiu 6%." Também Ilan Goldfajn.
"Caso o PSDB não deixe o governo Michel Temer (PMDB) ainda em 2017, os tucanos serão coadjuvantes no processo sucessório de 2018. Alerto ainda sobre as mãos de tucanos chamuscadas de inquéritos. Tem muita acusação." Fernando Henrique Cardoso (PSDB), ex-presidente da República.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia