Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 24 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Política

CORRIGIR

Senado

Alterada em 24/10 às 13h41min

Projeto que regulamenta Uber pode ser votado hoje no Senado

'Se houver entendimento, podemos dispensar a urgência e colocar a matéria em pauta', disse Eunício

'Se houver entendimento, podemos dispensar a urgência e colocar a matéria em pauta', disse Eunício


MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL/ARQUIVO/JC
O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), afirmou que só colocará o projeto que regulamenta o transporte privado individual de passageiros - como Uber, Cabify e 99 - em votação nesta terça-feira (24) se houver acordo entre os líderes partidários. Na tarde desta terça, a Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado deve buscar um acordo sobre o tema e votar a matéria no colegiado.
"Se houver entendimento entre os líderes, podemos dispensar a urgência e colocar a matéria em pauta sem nenhum problema", declarou Oliveira. Ele ponderou que, caso não haja acordo, colocará em votação apenas o regime de urgência do texto, que obriga os parlamentares a esperarem pelo menos duas sessões para realizar deliberações.
"Eu pedi que buscassem um entendimento entre dois segmentos que servem a sociedade, o segmento dos taxistas, que é uma tradição, e um novo segmento que surgiu através de um aplicativo. O correto, pelo meu entendimento, é que você não extinga um ou outro, mas regulamente para que eles possam fazer uma concorrência saudável que beneficie o consumidor brasileiro", opinou.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia