Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 17 de outubro de 2017. Atualizado às 15h16.

Jornal do Comércio

Política

CORRIGIR

crise no planalto

Alterada em 17/10 às 16h19min

Presidente da CCJ pede mais prazo para apreciação da 2ª denúncia contra Temer

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), encaminhou para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), um requerimento solicitando prazo de mais três sessões para o colegiado concluir a apreciação da admissibilidade da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer.
Segundo a assessoria de Pacheco, o peemedebista agiu com precaução porque o prazo das cinco sessões da CCJ para apreciação da denúncia terminará nesta quarta-feira. Os governistas querem votar o relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) nesta quarta-feira, mas Pacheco só encaminhará a votação quando todos os deputados inscritos tiverem se manifestado na comissão. Neste momento, ainda há mais de 40 deputados inscritos para falar.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia