Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 02 de outubro de 2017. Atualizado às 11h53.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

estados unidos

Alterada em 02/10 às 11h54min

Estado Islâmico reivindica ataque em Las Vegas

O grupo Estado Islâmico reivindicou o ataque a tiros na cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos, que deixou ao menos 50 mortos e mais de 400 feridos, segundo uma agência de notícias utilizada pelos extremistas como propaganda.
"O ataque em Las Vegas foi conduzido por um soldado do Estado Islâmico e foi realizado em resposta ao chamado para que alvos da coalizão sejam atacados", escreveu o grupo na página na internet, se referindo à coalizão aérea liderada pelos americanos que combate o grupo no Oriente Médio.
Segundo o comunicado do grupo, o autor do ataque, que não foi nomeado pelo grupo, teria se convertido ao Islamismo há alguns meses. No entanto, a nota não trouxe evidências de que a reivindicação do ataque fosse verdadeira.
O Estado Islâmico costuma assumir a autoria de ataques cometidos por indivíduos que podem ser inspirados pelas mensagens extremistas do grupo, mas que não possuem ligações conhecidas com a entidade.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia