Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 18 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Segurança pública

Notícia da edição impressa de 19/10/2017. Alterada em 18/10 às 20h53min

Governo elabora plano para evitar presos em delegacias

Uma semana depois da interdição oficial do Instituto Penal Pio Buck pela Justiça gaúcha, o secretário estadual de Segurança Pública, Cezar Schirmer, esteve reunido ontem com representantes da Polícia Civil, da Brigada Militar e da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) para definir um plano e eliminar a prática de manter presos provisórios em delegacias e viaturas na Capital.
Em sua conta pessoal no Twitter, o secretário afirmou que "local de preso é no sistema prisional" e que a orientação do governador José Ivo Sartori é de que não haja mais presos em delegacias e viaturas a partir de novembro. "Até o final de outubro, as instituições apresentarão o planejamento e executarão as ações necessárias", disse. Mais detalhes devem ser divulgados até o final deste mês.
Neste ano, o governo já inaugurou dois centros de triagem para presos provisórios, um em um terreno da Susepe, na zona Leste, e o outro, em área anexa ao Presídio Central. Juntos, eles oferecem 180 vagas. Além disso, está nos planos do governo construir uma nova cadeia pública e um terceiro centro.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia