Porto Alegre, terça-feira, 31 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Rússia inaugura memorial às vítimas de repressão política

Poucos dias após o centenário da tomada do poder pelos bolcheviques na Rússia, em 25 de outubro de 1917, o presidente Vladmir Putin (foto) inaugurou, nesta segunda-feira (30) uma escultura em homenagem a vítimas de repressão política na União Soviética. Obra do arquiteto Gueorgui Frangulian, o Muro da Dor foi erguido em uma avenida no centro de Moscou. O monumento foi construído com 170 pedras retiradas de antigos gulags (campos de concentração e trabalho forçado). "Esse terrível passado não pode ser apagado da memória nacional", afirmou Putin, antigo oficial da KGB, a polícia política soviética. Em 2017 também é lembrado o 80º aniversário do Grande Terror, período dos maiores expurgos feitos pelo então líder soviético Josef Stalin.
 

FOTO ALEXEY NIKOLSKY/AFP/JC
31/10/2017 - 14h48min