Porto Alegre, terça-feira, 17 de outubro de 2017. Atualizado às 21h31.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Portugal amanhece sem focos de incêndio, mas fogo já deixou 41 mortos

Portugal amanheceu sem registro de incêndio nesta terça-feira (17). No entanto, o último domingo (15) teve recorde de focos de incêndio e, nos últimos três dias, 41 mortes já foram confirmadas, segundo a Proteção Civil do país. Conforme o Sistema do Centro de Investigação Comum da Comissão Europeia (EFFIS), apenas em 2017, o fogo já destruiu mais de 316.100 hectares em Portugal. Quase 54 mil hectares foram queimados só no domingo. As mortes em Portugal ocorreram em zonas com vegetação densa do centro e do norte do país, em meio a condições climáticas de temperaturas muito altas. Em meio a críticas, António Costa, primeiro-ministro português, anunciou que vai reformular o modelo de proteção civil do país.
 

FOTO FRANCISCO LEONG / AFP/JC