Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 25 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Esportes

CORRIGIR

BRASILEIRÃO SÉRIE B

Notícia da edição impressa de 26/10/2017. Alterada em 26/10 às 00h03min

Guto Ferreira testa Roberson no lugar de Damião

O técnico do Inter, Guto Ferreira, fez mais um teste no treinamento de ontem, no CT do Parque Gigante. Sem poder contar mais um dia com Leandro Damião, o treinador colocou Roberson no time que enfrentará o Ceará, sábado, às 17h30min, pela 32ª rodada da Série B. A boa notícia foi o retorno de Nico López ao trabalho com bola.
O treinamento de hoje deve ser decisivo para que Guto defina o atacante para o enfrentamento com os nordestinos. Damião segue tratando dores musculares na coxa esquerda e, caso não treine, a tendência é de que Roberson assuma a vaga. Outro que briga pela posição é Carlos, bastante elogiado ao marcar o gol da vitória sobre o Criciúma e pelo seu desempenho nos treinos.
A movimentação confirmou também a troca promovida por Guto no trabalho de terça-feira. Alemão ganhou a lateral-direita de Cláudio Winck e será titular diante do Ceará. Sem Rodrigo Dourado, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Charles será o substituto. A provável escalação pode ter Danilo Fernandes; Alemão, Danilo Silva, Víctor Cuesta e Uendel; Charles; Edenilson, William Pottker, D'Alessandro e Eduardo Sasha; Roberson (Carlos).
Pottker falou sobre a possível entrada de Roberson na equipe. "Ele entra por ter uma característica muito parecida com a do Damião. Ele sai de trás e é muito válido ter ele", acredita o camisa 99. Artilheiro do Brasileirão no ano passado e do Paulistão no início dessa temporada, o atacante falou dos poucos gols feitos pelo Inter (8), justificando a carência pela função mais recuada que vem executando no Colorado. "Sinto falta sim de fazer gols, mas ajudando o grupo vou para casa com a consciência limpa. Eu sinto falta, vivo de gols, mas quando sofro um pênalti, faço uma jogada de gol, fico feliz. São fases da vida", justifica.
A vitória do Paraná por 1 a 0 sobre o Vila Nova-GO, terça-feira, ajudou o Inter a antecipar matematicamente seu retorno à Série A. Caso o Colorado vença os dois próximos jogos - Ceará e CRB -, e o Oeste e o próprio Vila tropecem, o time de Guto Ferreira pode confirmar o acesso, em casa, diante do CRB. O Colorado volta a treinar na manhã de hoje.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia