Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 21 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

série b

21/10/2017 - 21h13min. Alterada em 21/10 às 21h17min

Brasil de Pelotas arranca empate contra Santa Cruz e se distancia do Z4

Marlon marcou de pênalti o tento que deu o empate entre gaúchos e pernambucanos

Marlon marcou de pênalti o tento que deu o empate entre gaúchos e pernambucanos


Carlos Insaurriaga/Brasil de Pelotas/Divulgação/JC
O Brasil de Pelotas dominou o jogo, mas não conseguiu sair com a vitória na tarde deste sábado, mesmo jogando no estádio Bento Freitas. Diante do Santa Cruz, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o time gaúcho empatou por 1 a 1, com um gol de pênalti, depois de sair atrás no placar.
Com o resultado, o Brasil chegou a 39 pontos e acumula três jogos sem vencer. Já o Santa Cruz é o 18.º com 31 pontos e está há sete jogos sem triunfos. Assim, está seriamente ameaçado pelo risco de rebaixamento.
O Brasil dominou o primeiro tempo e criou as melhores oportunidades, principalmente nas jogadas de bola parada. Logo no começo do jogo, a melhor chance: após cobrança de escanteio, Evaldo aparece na pequena área, bateu de chapa e perdeu um gol feito. Outra boa oportunidade surgiu aos 28 minutos, com Marcinho. Após excelente jogada individual pela esquerda, ele avançou para o meio e chutou, mas o goleiro fez boa defesa.
Logo depois, porém, o Santa Cruz achou um contra-ataque e abriu o placar. Ricardo Bueno avançou com muita velocidade pela direita e cruzou para João Ananias. Ele dominou e chutou no cantinho para balançar as redes aos 29 minutos.
Na etapa final, o Brasil aumentou o ritmo e criou três boas oportunidades em apenas seis minutos, duas delas com Marcinho, que não finalizou bem. Após o começo de muita pressão, o jogo ficou mais cadenciado.
Aos 28 minutos, enfim, o time de Pelotas chegou ao empate. Em pênalti, que gerou muita reclamação por parte dos jogadores do Santa Cruz, Marlon deslocou o goleiro e deixou tudo igual. Os gaúchos ainda tentaram a virada na pressão, mas os pernambucanos se fecharam bem e garantiram o empate longe de Recife.
O Brasil volta a campo na próxima sexta-feira à noite, quando enfrenta o Oeste, na Arena Barueri, pela 32.ª rodada. O Santa Cruz vai receber, sábado, o Luverdense, no Arruda.
Brasil de Pelotas 1 x 1 Santa Cruz
Marcelo Pitol; Marlon, Evaldo, Leandro Camilo e Éder Sciola; João Afonso, Nem, Marcinho, Calyson (Rafinha) e Elias (Misael); Lincom (Juninho). Técnico: Clemer.
Júlio César; Yuri, Anderson Salles, Guilherme Mattis e Nininho; João Ananias, Wellington Cézar, Jeremias (William Barbio) e Derley; Grafite (André Luís) e Ricardo Bueno (Halef Pitbull). Técnico: Marcelo Martelotte.
Árbitro: Marcos Mateus Pereira (MS).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia