Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 17 de outubro de 2017. Atualizado às 17h56.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

liga dos campeões

Alterada em 17/10 às 18h58min

Com gols brasileiros, Liverpool faz 7 a 0 e lidera grupo na Liga dos Campeões

Firmino celebra um dos tentos dos reds

Firmino celebra um dos tentos dos reds


JURE MAKOVEC/AFP/JC
Com três gols brasileiros, o Liverpool desencantou nesta Liga dos Campeões. Jogando contra o Maribor, na Eslovênia, o time inglês aplicou 7 a 0 e assumiu a liderança do Grupo E da Liga dos Campeões. Roberto Firmino, duas vezes, e Philippe Coutinho balançaram as redes para os visitantes. Salah também voltou a brilhar, com dois gols.
A goleada levou o Liverpool à liderança da chave, com os mesmos cinco pontos do Spartak Moscou, que goleou o Sevilla por 5 a 1, porém com maior saldo de gols. O time espanhol continua na terceira colocação, com quatro pontos. Somente os dois primeiros colocados de cada chave avançam às oitavas de final da competição europeia.
Depois do frustrante empate sem gols com o Manchester United, no sábado, pelo Campeonato Inglês, o Liverpool entrou com tudo diante do Maribor. Sem tomar conhecimento do anfitrião, a equipe inglesa abriu o placar logo aos três minutos. Salah investiu pela direita, entrou na área e cruzou rasteiro para Roberto Firmino só empurrar para as redes.
O segundo gol, também brasileiro, veio aos 12. Philippe Coutinho completou de primeira, quase da marca do pênalti, após cruzamento da direita de Milner. Apenas sete minutos depois, Firmino trocou de papel com Salah e devolveu a assistência ao egípcio, que anotou o terceiro gol.
O mesmo Salah balançou as redes aos 26, mas a arbitragem anotou impedimento correto. O quarto gol acabou saindo aos 39 minutos, em um lance inusitado. Após cruzamento da esquerda, Firmino e Salah bateram praticamente juntos para as redes, na pequena área O juiz deu o gol para o atacante egípcio.
No segundo tempo, o time comandado pelo técnico Jürgen Klopp não aliviou. Com até 70% de posse de bola, o Liverpool se manteve no ataque e anotou o quinto aos oito minutos, após bela cobrança de falta de Coutinho que parou em grande defesa do goleiro. Na sequência, o mesmo brasileiro cobrou falta na área e Firmino escorou de cabeça para anotar o seu segundo gol na partida.
A contagem foi retomada aos 41, quando Alex Oxlade-Chamberlain recebeu enfiada pelo meio, entrou na área e bateu na saída do goleiro: 6 a 0. O sétimo gol veio quatro minutos depois, em passe de Coutinho e finalização de Alexander-Arnold, que desviou na marcação e entrou.
Em Moscou, o Spartak abriu o placar com gol de Quincy Promes, aos 18 minutos de jogo. Mas o Sevilla buscou o empate aos 30, com Simon Kjaer, após cobrança de escanteio na área.
Mas, no segundo tempo, o time da casa tomou conta da partida e "engoliu" os espanhóis. Lorenzo Melgarejo anotou o segundo, Denis Glushakov marcou o terceiro. Aos 29 minutos, o brasileiro Luiz Adriano registrou o quarto gol. E Quincy Promes selou o placar, nos acréscimos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia