Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 27 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Trabalho

26/10/2017 - 11h43min. Alterada em 27/10 às 08h25min

Empresa global de recrutamento e tecnologia seleciona candidatos em Porto Alegre

Os cargos disponíveis são em empresas de software dos EUA que procuram especialistas em codificação

Os cargos disponíveis são em empresas de software dos EUA que procuram especialistas em codificação


Crossover/Divulgação/JC
Stéphany Franco
A Crossover, empresa global de recrutamento e tecnologia, vai realizar um torneio em Porto Alegre, no dia 12 de novembro, para selecionar especialistas em programação para trabalho remoto como engenheiros de software sênior, com a possibilidade de um salário anual de até US$ 100 mil. Os 50 cargos disponíveis são todos em empresas de software dos Estados Unidos que procuram programadores em .NET, Java ou Ruby on Rails.
O torneio será realizado dentro da Conferência de Desenvolvedores de Porto Alegre, um dos maiores eventos de desenvolvimento de software do Brasil, do qual a Crossover é patrocinadora. Para competir é necessário que o candidato faça a inscrição pela internet. Os currículos serão avaliados e a partir deles será realizada uma triagem para escolher os candidatos que possuem o perfil mais adequado para as vagas oferecidas.
No dia do evento os candidatos passarão por uma série de testes, como provas de inglês e tecnologia, alguns desafios de codificação, e uma entrevista técnica. Os que se destacarem durante as etapas serão recrutados para um trabalho remoto com empresas norte-americanas, como Aurea Software, Jive, CrazyEgg e Versata. O contrato dos selecionados será de 40 horas semanais em horário flexível.
De acordo com o diretor de avaliação técnica da Crossover, Luciano Bargmann, a organização sempre tem vagas abertas no site e os interessados devem acessar o site da empresa e realizar um cadastro. "O processo seletivo online é mais demorado. Enquanto nos torneios o resultado sai no mesmo dia, pela internet o candidato realiza as atividades durante quatro semanas até receber o retorno da empresa", ressalta.
Devido a alta demanda de atividades dos clientes da Crossover, o diretor diz que por ora serão contratados 50 especialistas em codificação no torneio de Porto Alegre, mas se o número de profissionais qualificados for superior, todos terão oportunidades dentro da empresa.
Em 2017, a empresa de recrutamento e tecnologia já realizou dois eventos no Brasil, um em São Paulo e outro no Rio de Janeiro. Com os profissionais selecionados nesses torneios a Crossover soma mais de 300 desenvolvedores de software sênior contratados em todo o mundo.
De acordo com Bargmann, com os eventos promovidos neste ano, a empresa já injetou cerca de 5 milhões de dólares na economia brasileira. "Nós somos um braço de RH para algumas das 500 maiores empresas de tecnologia dos EUA", conta o representante da organização no Brasil.
O local do evento será revelado somente aos candidatos que passarem pela triagem de currículos. O motivo, segundo Bargmann, é o número limitado de vagas no local. "Para realizar o torneio de maneira tranquila é necessário pré-selecionar os candidatos de acordo com a experiência", conclui.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia