Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 25 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 25/10 às 10h03min

Juros futuros caem com dólar à espera do Copom e votação de denúncia contra Temer

Os juros futuros operam em baixa, na esteira do dólar fraco ante o real. A moeda norte-americana está em baixa no mercado doméstico refletindo ajustes de posições e uma realização de ganhos recentes, que estão acumulados em 2,79% nas últimas cinco sessões.
Com liquidez ainda fraca, as taxas futuras de longo prazo recuam depois de três sessões seguidas em alta, enquanto os vencimentos de curto e médio prazos exibem viés de baixa. Os investidores estão à espera do desfecho da reunião do Copom e da votação da segunda denúncia criminal contra o presidente Michel Temer.
Às 9h50min, o DI para janeiro de 2019 marcava 7,26%, de 7,27% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2020 exibia 8,22%, de 8,25%, enquanto o vencimento para janeiro de 2021 estava em 8,91%, de 8,95% no ajuste anterior.
No câmbio, o dólar à vista caía 0,35%, aos R$ 3,2395. O dólar futuro de novembro recuava 0,18%, aos R$ 3,2415.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia