Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 18 de outubro de 2017. Atualizado às 12h31.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Telecomunicações

Alterada em 18/10 às 13h34min

'Não é fácil chegar a solução para Oi antes da assembleia de credores', diz Kassab

Ministro disse que não espera solução antes de discussão com credores da operadora

Ministro disse que não espera solução antes de discussão com credores da operadora


ANTÔNIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL/ARQUIVO/JC
O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Telecomunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, disse nesta quarta-feira (18), que não será fácil para o grupo de trabalho do governo encontrar uma solução para a Oi antes da assembleia geral de credores, marcada para segunda-feira (23). "Tomara. Eu tenho essa esperança, mas não acho fácil", disse o ministro, ao ser questionado sobre essa possibilidade, durante o lançamento de consulta pública sobre o decreto de políticas de telecomunicações.
Na terça-feira (17), houve nova reunião do grupo de trabalho do governo sobre a Oi, liderado pela Advocacia-Geral da União, mas ainda não houve decisão sobre o assunto.
A ministra-chefe da AGU, Grace Mendonça, atualizou o presidente Michel Temer em relação ao tema. A solução passa pela continuidade da empresa e deve focar os credores públicos e privados. O ritmo de trabalho e a forma de condução do assunto imposto pela ministra foram elogiados pelo presidente, disseram interlocutores do governo.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia