Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 10 de outubro de 2017. Atualizado às 17h56.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 10/10 às 17h58min

Ouro fecha em alta, influenciado por recuo do dólar

Os contratos futuros de ouro encerraram o pregão desta terça-feira em alta, influenciados pela cotação do dólar nos mercados internacionais.
Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para dezembro subiu US$ 8,80 (+0,68%), para US$ 1.293,80 por libra-peso. Este é o maior valor de fechamento em duas semanas.
A moeda norte-americana se desvalorizou no exterior nesta terça-feira, à medida que os investidores aguardam a publicação da ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), prevista para a quarta-feira à tarde.
Quando a cotação do dólar cai, o ouro tende a subir, uma vez que o metal compete com a moeda como um ativo de reserva financeira.
Além disso, segundo a Capital Economics, ajudou no impulso ao mercado de ouro a decisão do governo da Índia em reverter uma legislação que colocou o setor de joias em suspeita de lavagem de dinheiro.
"Esta é certamente uma boa notícia para a indústria do ouro", afirmaram analistas da consultoria, em nota enviada a clientes.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia