Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 09 de outubro de 2017. Atualizado às 22h55.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

consumo

Notícia da edição impressa de 10/10/2017. Alterada em 09/10 às 21h11min

Recuperação de crédito recuou 5,5% no mês passado

O número de pessoas que tiveram o nome retirado dos registros de inadimplência em setembro recuou 5,5% na comparação dessazonalizada com o levantamento de agosto, aponta o indicador de recuperação de crédito da Boa Vista SCPC. Nos 12 meses até setembro, houve queda de 3% em relação ao período anterior equivalente. Na comparação com setembro do ano passado, houve recuo de 7,7%.
A Boa Vista SCPC avalia que a média brasileira de recuperação de crédito aprofundou a tendência de queda na análise dos dados acumulados em 12 meses. "Ainda assim, o quadro de inadimplência na economia mantém-se com poucas alterações, uma vez que o crescimento do fluxo de registros de consumidores inadimplentes nos últimos meses também permanece em níveis próximos da estabilidade", afirma a entidade em nota.
No acumulado de 12 meses, apenas a região Sul registra alta na recuperação de crédito (5,8%). No Sudeste, houve recuo de 1,8%; seguido por Centro-Oeste, com 7,7%; Nordeste, 7,8%; e Norte, com 11% de queda. O indicador da Boa Vista SCPC é obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de dívidas vencidas e não pagas, informadas pelas credoras.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia