Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 06 de outubro de 2017. Atualizado às 16h06.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

petróleo

Alterada em 06/10 às 16h08min

Governo pode pagar em dinheiro possível crédito de cessão onerosa da Petrobras

O secretário executivo de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia (MME), Márcio Felix, admitiu que na negociação sobre a cessão onerosa o governo poderá pagar um possível crédito da Petrobras em dinheiro, apesar do pagamento em barril de petróleo também ser uma opção.
"Na prática será óleo, mas pode ser em dinheiro", disse o executivo, informando que as reuniões sobre o assunto ocorrem semanalmente entre a Petrobras e o governo.
Ele afirmou que o principal no momento é resolver as condições para o acerto de contas - que o mercado avalia que será favorável à Petrobras - para tentar realizar o leilão do volume excedente da cessão onerosa ainda no ano que vem. Os recursos para o pagamento de um eventual crédito à Petrobras poderiam vir do leilão, segundo o secretário.
"Se não fechar até o final do ano, já era, mas temos várias formas de acordo. Pode fechar acordo parcial", explicou sem dar detalhes.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia