Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 28 de setembro de 2017. Atualizado às 23h40.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Direitos Humanos

Notícia da edição impressa de 29/09/2017. Alterada em 28/09 às 23h38min

Edital prevê parceria de entidades civis com a Fase

Foi publicado nesta quinta-feira, no Diário Oficial do Estado, o edital de chamamento público para entidades interessadas no atendimento de jovens egressos da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase) do Rio Grande do Sul a partir de janeiro. O documento amplia as regiões de atendimento, incluindo os egressos de todas as regiões de abrangência da Fase, e prevê a inclusão dos adolescentes em programas de aprendizagem. A medida permitirá que os jovens aprendam uma profissão e ingressem direto no programa para inclusão no mercado de trabalho. São mais 1.100 vagas.
Atualmente, o Programa de Oportunidades e Direitos Socioeducativo da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos atende 180 egressos da Fase em Porto Alegre e Santa Maria. O edital permitirá a inclusão de egressos da Fase de Porto Alegre, Novo Hamburgo, Caxias do Sul, Osório, Passo Fundo, Santo Ângelo, Santa Maria, Santa Cruz e Uruguaiana. Serão destinados R$ 1.630.000,00 para a execução do programa.
As organizações da sociedade civil têm 30 dias, a contar da publicação, para se habilitarem à parceria. O edital também foi publicado no site www.sdstjdh.rs.gov.br.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia