Mirlene, Marluza e  Maria customizam peças e depois revendem pelas redes sociais com preço máximo de R$ 60,00 Mirlene, Marluza e Maria customizam peças e depois revendem pelas redes sociais com preço máximo de R$ 60,00 Foto: /MARCO QUINTANA/JC

Brechó torna o consumo mais acessível

Mirlene Rodrigues Vergara, 23 anos, estudante de Design de Moda, Marluza Rodrigues Vergara, 22, costureira, e Maria de Lurdes Fraga, 23 anos, formada em Administração de Empresas, juntaram seus talentos individuais em prol de algo que todas tinham em comum: o amor por moda. Nasceu, assim, em Porto Alegre, As Urbanas. Todas as peças são únicas, customizadas e custam entre R$ 15,00 e R$ 60,00
Marluza e Maria não eram frequentadoras de brechó, enquanto Mirlene sempre gostou de acompanhar o formato de negócio, principalmente os de fora do Estado. Em 2014, fez um curso de Produção de Moda, o que despertou algumas ideias. "Eu sou brechozeira", brinca ela. Foi quando contatou Maria, justamente para cuidar da parte administrativa, pois sabia que queria produzir com o intuito de transformar a atividade em um negócio. Logo depois pediu para que Marluza se juntasse ao time com sua experiência em customização, corte e costura.
Leia o texto integral em nossa edição para folhear
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Artigos relacionados
Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio