Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 22 de setembro de 2017. Atualizado às 10h59.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Futebol

22/09/2017 - 10h59min. Alterada em 22/09 às 11h00min

Marcelo tem lesão muscular confirmada pelo Real e deverá desfalcar a seleção

O jogador se machucou durante o jogo da última quarta-feira contra o Betis

O jogador se machucou durante o jogo da última quarta-feira contra o Betis


GABRIEL BOUYS / AFP/JC
O Real Madrid divulgou nota oficial nesta sexta-feira (22) para confirmar que o lateral-esquerdo Marcelo sofreu uma lesão muscular de grau 2 em sua perna esquerda. O jogador se machucou na última quarta-feira (20) durante a surpreendente derrota por 1 a 0 para o Betis, em casa, pela rodada passada do Campeonato Espanhol.
Por causa do problema, o jogador também deverá desfalcar a seleção brasileira nas duas últimas rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018, contra Bolívia, em 5 de outubro, em La Paz, e contra o Chile, cinco dias depois, no Allianz Parque, em São Paulo.
Por meio do curto comunicado que publicou em seu site oficial, o Real informou que "exames realizados por Marcelo no Hospital Universitário Sanitas La Moraleja diagnosticaram uma ruptura fibrilar de grau 2 na parte posterior do bíceps da perna esquerda". Como de costume em casos de lesão de seus jogadores, porém, o clube não estabeleceu um prazo previsto de afastamento do atleta e apenas se limitou a dizer que o retorno aos gramados estará "depende da evolução" da lesão.
Apesar disso, esse tipo de lesão costuma exibir um tempo de recuperação que varia entre quatro e seis semanas, fato que inviabilizaria a presença do lateral nas partidas que a seleção brasileira fará contra bolivianos e chilenos. E depois de o time nacional ter garantido vaga no Mundial com quatro rodadas de antecedência, o técnico Tite também não teria nenhum motivo para colocar o jogador do Real em campo fora das condições físicas ideais.
Já para o Real, a ausência de Marcelo se tornou mais um problema importante para o técnico Zinedine Zidane resolver, pois ele também já não conta com Theo Hernández, substituto imediato do brasileiro na posição e que luta para se recuperar de uma lesão no ombro.
Com Marcelo fora, o Real contabiliza seis desfalques provocados por problemas físicos para o jogo deste sábado contra o Alavés, fora de casa, pela sexta rodada do Campeonato Espanhol. Além do brasileiro e de Theo Hernández, o time não conta ainda com Jesús Vallejo, Karim Benzema, Mateo Kovacic e Toni Kroos.
Instáveis nesta edição de competição nacional, os atuais campeões nacionais ocupam apenas a oitava posição da tabela de classificação, com oito pontos em cinco jogos disputados. O líder e único time com 100% de aproveitamento até aqui é o Barcelona, que tem 15 pontos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia