Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 16 de setembro de 2017. Atualizado às 11h28.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

tênis

Alterada em 16/09 às 11h31min

Chuva causa adiamento de jogo das duplas do Brasil na Copa Davis

Uma forte mudança no clima de Osaka causou o adiamento do jogo de duplas entre Brasil e Japão, pelos playoffs do Grupo Mundial da Copa Davis, neste sábado. A chuva impediu que Marcelo Melo e Bruno Soares buscassem o ponto que manteria o time brasileiro vivo na disputa por uma vaga na elite do tênis mundial.
A partida dos mineiros contra Ben McLachlan e Yasutaka Uchiyama estava marcada para a 1h da manhã deste sábado (no horário de Brasília). Mas a forte chuva alagou o Utsubo Tennis Center, na cidade de Osaka. O mau tempo preocupa porque há previsão de um tufão para o domingo.
"Hoje a previsão é de chuva até o fim do dia, amanhã parece que vai passar um tufão. Vamos torcer para dar uma reviravolta no tempo para não embolar os jogos. Paciência", lamentou Marcelo Melo, nas redes sociais.
A organização remarcou o jogo de duplas para as 23 horas deste sábado (de Brasília), manhã de domingo em Osaka. Se a chuva persistir, os demais jogos entre Brasil e Japão devem ser transferidos para uma quadra fechada, o que não deve favorecer o time brasileiro, satisfeito em jogar na superfície mais lenta do Utsubo Tennis Center.
O time brasileiro na Davis precisa da vitória nas duplas para seguir vivo na série melhor de cinco jogos. No momento, o Japão lidera o confronto por 2 a 0 porque venceu os dois jogos de simples na sexta-feira. Guilherme Clezar e Thiago Monteiro não resistiram a Yuichi Sugita e Go Soeda, respectivamente.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia