Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 11 de setembro de 2017. Atualizado às 22h31.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 11/09 às 22h32min

Atlético-GO empata com Bahia em casa e segue afundado na lanterna do Brasileirão

Atlético Goianiense e Bahia se enfrentaram nesta segunda-feira e ficaram no empate por 1 a 1, em partida realizada no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado não foi bom para nenhuma das equipes em termos de tabela de classificação. Enquanto o time goiano perdeu a chance de encostar nos seus rivais na briga para fugir do rebaixamento, a equipe baiana se aproximou ainda mais do descenso.
Ao final desta rodada, o Bahia caiu para a 15.ª posição com 27 pontos, apenas um a mais do que o arquirrival Vitória, que abre a zona de rebaixamento. Já o Atlético Goianiense tem 19, ainda longe de deixar a própria lanterna. O São Paulo, o 19.º e penúltimo colocado, tem 24.
Em duelo contra a zona de rebaixamento, o Atlético Goianiense colocou a ascensão em prova diante do Bahia. O primeiro tempo foi de poucas emoções, mas com um leve domínio do time goiano, que começou surpreendendo novamente ao abrir o placar aos 32 minutos. Em boa jogada de contra-ataque, Jonathan acionou Igor pela direita. O volante cruzou para Luiz Fernando fazer 1 a 0.
As melhores oportunidades foram do Atlético Goianiense. O time da casa buscou o resultado e só não foi para o intervalo com um placar mais elástico por causa de Jean. O goleiro fez uma defesa milagrosa na cabeçada do zagueiro Gilvan. O Bahia ficou dependendo dos brilhos de Rodrigão. No entanto, na melhor jogada do atacante, a bola ficou na trave antes do árbitro assinalar impedimento.
No segundo tempo, o Bahia resolveu colocar a bola no chão e partiu para cima de um recuado Atlético Goianiense. A tentativa de surpreender o rival novamente no contra-ataque foi por água abaixo logo aos nove minutos. Após boa triangulação entre Rodrigão, Mendoza e Zé Rafael, o meia saiu de frente para o gol, cortou o goleiro Marcos e mandou para o fundo das redes.
O empate animou o Bahia, que continuou em cima do adversário. Aos 21 minutos, Zé Rafael arriscou de fora da área e mandou rente à trave. Rodrigão também teve a chance de decretar o triunfo do time baiano, mas parou na boa defesa de Marcos.
Os minutos finais foram de ataque contra defesa. O Bahia pressionou o Atlético Goianiense, mas não conseguiu furar o gol defendido por Marcos. Edigar Junio teve duas oportunidades, mas pecou na finalização.
Na próxima rodada, a 24.ª, o Atlético Goianiense enfrenta a Ponte Preta neste sábado, às 16 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). O Bahia só entra em campo no domingo, quando visita o Cruzeiro, às 19 horas, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia