Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 25 de setembro de 2017. Atualizado às 15h10.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

indústria petroquímica

Notícia da edição impressa de 25/09/2017. Alterada em 24/09 às 21h49min

Braskem arquiva formulário de balanço financeiro nos EUA

Com o arquivamento, a companhia fica em dia com o órgão regulador americano

Com o arquivamento, a companhia fica em dia com o órgão regulador americano


BRASKEM/DIVULGAÇÃO/JC
A Braskem informou que arquivou o formulário 20-F referente ao balanço financeiro de 2016 na U.S. Securities Exchange Comission (SEC). Com o arquivamento, a empresa fica em dia com o órgão regulador americano. O primeiro prazo para o envio do 20-F referente ao ano de 2016, com auditoria, foi o mês de abril, com extensão automática de 15 dias, isto é, até 17 de maio. Após esse prazo, a New York Stock Exchange (NYSE) deu mais seis meses de prazo, até novembro.
A petroquímica divulgou o balanço auditado pela KPMG com dados de 2016 em meados de agosto. A empresa reportou um prejuízo de R$ 729 milhões no ano passado, ante lucro de R$ 2,760 bilhões de 2015.
O atraso no balanço auditado referente a 2016 ocorreu porque a avaliação dos auditores precisou passar não apenas pelos aspectos operacionais e financeiros, mas também por análises de processos de controles internos. Essa exigência estava relacionada com o acordo global fechado com autoridades.
Segundo presidente da petroquímica, Fernando Musa, o processo de investigação, no âmbito da Operação Lava Jato, ocorreu sob sigilo, e os auditores tiveram acesso somente em 21 de dezembro, quando foi firmado o Acordo Global, que envolve o pagamento de multas de US$ 957 milhões.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia