Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 22 de setembro de 2017. Atualizado às 13h04.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Trabalho

22/09/2017 - 12h16min. Alterada em 22/09 às 13h05min

Comércio abre 3 mil vagas de emprego no Rio Grande do Sul

Os salários para as vagas disponíveis variam entre R$ 960,00 e R$ 16 mil

Os salários para as vagas disponíveis variam entre R$ 960,00 e R$ 16 mil


FABIO RODRIGUES POZZEBOM/ABR/JC
Stéphany Franco
O comércio gaúcho tem abertas quase 3 mil vagas para trabalho com carteira assinada. Os salários variam entre R$ 960,00 e R$ 16 mil. Levantamento da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV) e site de busca de empregos Adzuna apontou que mais da metade dos postos estão em Porto Alegre, Canoas, Gravataí, Caxias do Sul e Novo Hamburgo.
As vagas fazem parte das 42 mil ofertas anunciadas por empresas brasileiras de diferentes setores, sendo que 12% estão no varejo. Destas, 20% estão concentradas na região Sul do Brasil. De acordo com o levantamento, o cenário indica que há sinais de recuperação da economia brasileira e um otimismo em relação as datas comerciais até o final do ano, como o Dia das Crianças, Black Friday e Natal.
Apesar do grande número de vagas disponíveis na área, a falta de qualificação dos candidatos para ocupar as posições abertas é uma dificuldade que os recrutadores encontram. Mesmo sem a exigência do ensino superior, exceto para vagas de gerência e cargos de confiança, os candidatos precisam atender requisitos que são imprescindíveis para o sucesso no varejo, tais como simpatia, engajamento, competitividade e facilidade para negociação.
De acordo com o site, a maioria das vagas abertas estão nos segmentos de vestuário, calçados e automotivo. Há oportunidades também em lojas de eletrodomésticos e eletrônicos, material para construção, farmácias e supermercados. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia