Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 19 de setembro de 2017. Atualizado às 16h18.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

tecnologia

Alterada em 19/09 às 16h21min

Google inaugura 1ª centro de computação em nuvem da empresa no Brasil

Folhapress
O Google inaugurou nesta terça-feira (19), em São Paulo a primeira central de processamento de dados da empresa na América do Sul. A gigante da tecnologia, que integra a holding Alphabet, tem um planejamento para intensificar sua presença no setor de computação em nuvem no Brasil.
A região de Cloud São Paulo, como é chamado o espaço, permitirá o pagamento em reais para clientes brasileiros.
Para atrair clientes locais, o Google aposta ainda no aumento de velocidade do serviço prestado. Isto porque, com uma unidade em São Paulo, a latência, isto é, o tempo que uma informação leva para ir do centro de dados para o usuário, deve ficar entre 80% e 95% mais rápido em relação aos EUA.
Em testes realizados pela empresa, a latência de acesso à região Cloud São Paulo foi, em média, de 36 milissegundos, ante 170 milissegundos para conexão com o centro do Google no Estado americano da Carolina do Sul, o mais próximo do Brasil.
Entre os clientes brasileiros anunciados pelo Google estão a start-up Movile -que gerencia as marcas iFood e Spoonrocket- e a Youse, plataforma digital da Caixa Seguradora.
Além dos clientes brasileiros, a nova unidade em São Paulo deve atender ao público do Chile e da Argentina.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia