Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de setembro de 2017. Atualizado às 15h11.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

18/09/2017 - 15h11min. Alterada em 18/09 às 15h11min

Bndes indicará dois novos conselheiros para a JBS ainda nesta segunda

Em meio à disputa societária com o frigorífico JBS, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes) indicará ainda na tarde desta segunda-feira (18) dois nomes para as vagas a que tem direito no conselho de administração da companhia, informou o presidente da instituição de fomento, Paulo Rabello de Castro.
Um dos indicados será Cledorvino Belini, ex-presidente da Fiat e da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Rabello evitou informar o nome da outra indicação, pois ainda precisa passar por aprovação na diretoria do Bndes.
As duas vagas do Bndes no conselho da JBS estão abertas. O executivo Maurício Luchetti deixou o cargo por iniciativa própria. Já a advogada Claudia de Azeredo Santos participou da reunião no último sábado (16), quando o fundador da empresa, José Batista Sobrinho, foi escolhido para terminar o mandato de CEO no lugar de Wesley Batista, preso semana passada, mas já havia pedido sua renúncia. Segundo Rabello, a participação de Claudia na reunião deu legalidade à decisão.
Maurício Luchetti e Claudia de Azeredo Santos foram escolhidos pela antecessora de Rabello no BNDES, Maria Silvia Bastos. Na última sexta-feira (15), o Estadão revelou que o BNDES pretendia indicar membros com perfil "menos técnico" e "mais político" para representar o banco no conselho da JBS.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia