Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 15 de setembro de 2017. Atualizado às 11h23.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura Internacional

Alterada em 15/09 às 11h27min

Salários na zona do euro avançam no ritmo mais forte em mais de 2 anos

Os salários na zona do euro subiram no ritmo mais forte em mais de dois anos no segundo trimestre, num sinal de que a inflação da região poderá se acelerar para o nível desejado pelo Banco Central Europeu (BCE).
Dados publicados hoje mostram que os salários da zona do euro aumentaram 2% entre abril e junho em relação ao mesmo período do ano passado, registrando o maior avanço desde o primeiro trimestre de 2015.
No primeiro trimestre, o avanço anual dos salários havia sido de 1,3%.
A meta de inflação do BCE é de taxa ligeiramente inferior a 2%. Em agosto, a inflação anual ao consumidor da zona do euro foi de 1,5%, segundo dados preliminares.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia