Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 08 de setembro de 2017. Atualizado às 16h34.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura

01/09/2017 - 09h26min. Alterada em 01/09 às 10h00min

PIB cresce 0,2% no 2º trimestre do ano, revela IBGE

O consumo das famílias subiu 1,4% no segundo trimestre ante o primeiro trimestre de 2017

O consumo das famílias subiu 1,4% no segundo trimestre ante o primeiro trimestre de 2017


ANA PAULA APRATO/ARQUIVO/JC
O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 0,2% no segundo trimestre em relação ao primeiro trimestre deste ano, informou na manhã desta sexta-feira (1), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Na comparação com o segundo trimestre de 2016, o PIB também avançou 0,3% no segundo trimestre deste ano. O resultado ficou no teto das estimavas dos analistas, que previam desde uma queda de 0,80% a alta de 0,30%, com mediana também de estabilidade (0%).
Ainda de acordo com o IBGE, o PIB do segundo trimestre do ano totalizou R$ 1,639 trilhão. Os técnicos do instituto vão conceder entrevista ainda na manhã desta sexta-feira para comentar os resultados.
O PIB de serviços subiu 0,6% no segundo trimestre ante o primeiro trimestre de 2017. Na comparação com o segundo trimestre de 2016, o PIB de serviços mostrou queda de 0,3%.
O PIB da indústria, entretanto, ficou negativo na mesma base de comparação: caiu 0,5% no segundo trimestre ante os três primeiros meses de 2017. Na comparação com o segundo trimestre de 2016, o PIB da indústria apresentou queda de 2,1%.
O PIB da agropecuária, por sua vez, ficou estável (0,0%) no segundo trimestre contra o primeiro trimestre de 2017. Na comparação com o segundo trimestre do ano passado, o PIB da agropecuária mostrou alta de 14,9%.
O consumo das famílias subiu 1,4% no segundo trimestre ante o primeiro trimestre de 2017, segundo dados agora divulgados pelo IBGE. Na comparação com o segundo trimestre de 2016, o consumo das famílias apresentou alta 0,7%.
O consumo do governo, por sua vez, caiu 0,9% no segundo trimestre ante o primeiro trimestre de 2017. Na comparação com o segundo trimestre de 2016, o consumo do governo teve queda de 2,4%.
O IBGE revisou o Produto Interno Bruto do segundo trimestre de 2016 ante o primeiro trimestre daquele ano, que passou de uma queda de 0,3% para um recuo de 0,4%.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dionizio Bellinazo 01/09/2017 19h20min
Atualmente o governo tem sede de divulgar notícias positivas, como essa do crescimento do PIB, porém as atividades que geram empregos permanentes e agregam valor e tecnologia estão em baixa. O que cresce é a venda de produtos da agroindústria com pouco valor agregado e baixa tecnologia. Digo, governo pare de esbanjar e viver de aparências. Faça a lição de casa e pare de gastar mais do que arrecada ano após ano. Um abraço.