Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 25 de setembro de 2017. Atualizado às 21h20.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

MÚSICA

Notícia da edição impressa de 26/09/2017. Alterada em 25/09 às 17h53min

The Who é atração hoje em Porto Alegre

Pela primeira vez em Porto Alegre, banda inglesa faz show no Anfiteatro Beira-Rio hoje à noite

Pela primeira vez em Porto Alegre, banda inglesa faz show no Anfiteatro Beira-Rio hoje à noite


/HITS ENTRETENIMENTO/DIVULGAÇÃO/JC
Os Rolling Stones já vieram, os eternos Beatles Paul McCartney e Ringo Starr também, assim como Robert Plant, do Led Zeppelin, e Roger Waters e David Gilmour, do Pink Floyd. Para que Porto Alegre celebrasse toda a geração mais conhecida do rock britânico - na medida do possível -, faltava um show do The Who.
Capitaneado por Pete Townshend (guitarra) e Roger Daltrey (vocais), o grupo inglês enfim se apresenta em Porto Alegre. Parte da primeira leva de shows no Brasil em toda história da banda, o espetáculo acontece hoje à noite, no Anfiteatro Beira-Rio (Padre Cacique, 891). O evento ocorre às 21h30min, após show do Def Leppard. Até o fechamento desta edição, havia ingressos a partir de R$ 230,00. O ponto de vendas oficial, sem taxa de conveniência, é a Hits Store, no Shopping Iguatemi. Outra opção de compra é através do site.
Formado na primeira metade da década de 1960, o The Who emplacou uma série de hits logo nos primeiros anos em atividade. Naquele período, além de apresentações energéticas que incluíam destruição de instrumentos, o quarteto lançou canções que até hoje são hinos do rock - caso de My generation.
Já na virada e no começo da década seguinte, a banda formada por Townshend, Roger Daltrey, Keith Moon (bateria) e John Entwistle (baixo) colocou no mercado seus trabalhos mais celebrados. Entre eles, estão as óperas rock Tommy (1969) e Quadrophenia (1973), e também o clássico Who's next (1971). Os três trabalhos pautam boa parte do show que os músicos têm realizado. Entram no repertório faixas como Behind blue eyes, Pinball wizard, The rock e Baba O'Riley.
Os desfalques óbvios são Keith Moon e John Entwistle. Considerado um dos maiores bateristas da história do rock, o primeiro morreu ainda em 1978 - na época, em seu lugar, entrou Kenney Jones, o qual gravou os discos Face dances e It's hard nos anos 1980. O grupo só voltaria a registrar um álbum de estúdio em 2006 - Endless wire, um compacto ignorado em setlists recentes - e sem Entwistle, falecido em 2002.
Ciente de que os fãs desejam ouvir os hits gravados há cerca de meio século, a banda ainda protagonizou dois momentos de destaque na mídia recentemente. Em 2010, se apresentou no intervalo do SuperBowl; em 2012, tocou no encerramento das Olimpíadas de Londres. Já no ano passado, The Who foi uma das atrações do Desert Trip, festival que reuniu seis lendas do rock - as outras atrações foram Stones, Paul McCartney, Bob Dylan, Roger Waters e Neil Young. Agora, o canadense é o único da turma que nunca se apresentou em Porto Alegre.
Além do vocalista e do guitarrista originais, a versão remodelada da equipe está no Brasil com Zak Starkey (filho de Ringo Starr, com experiências também no Oasis) nas baquetas, o guitarrista Simon Townshend, o tecladista John Bundrick e o baixista Pino Palladino. Nos últimos dias, os músicos passaram por São Paulo e pelo Rock in Rio - em atuação muito elogiada.

Aquecimento de peso

Banda de hard rock formada em 1977, na Inglaterra, o Def Leppard também vem a Porto Alegre apostando em seus hits. Encarregados do primeiro show da noite no Anfiteatro Beira-Rio (Padre Cacique, 891), os veteranos estão comemorando os 30 anos do disco Hysteria - no Rock in Rio, na quinta-feira passada, eles apresentaram sete canções do registro. Os músicos sobem ao palco às 19h45min.
O álbum lançado em 1987 representa o maior momento da banda - com sucesso comercial especialmente nos Estados Unidos e Inglaterra. Rick Allen, baterista do grupo, havia sofrido um acidente e teve o braço amputado. Mesmo assim, não só participou das gravações do trabalho icônico como continua em atividade até hoje.
O projeto mais recente do quinteto é Def Leppard, lançado em 2015. Se o modelo de repertórios recentes for repetido, no entanto, os fãs podem esperar por canções dos anos 1980 e 1990 no programa.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia