Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 30 de agosto de 2017. Atualizado às 20h48.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

governo federal

Alterada em 30/08 às 20h51min

Maia diz no Twitter que acaba 'de editar MP que prorroga Refis até 29/9'

O presidente em exercício, Rodrigo Maia, afirmou nesta noite de quarta-feira, 30, em sua conta no Twitter que editou Medida Provisória (MP) para estender o prazo de adesão ao programa de parcelamento de débitos tributários, o Refis, para 29 de setembro. Inicialmente, os devedores teriam até esta quinta-feira, 31, para ingressar no programa.
"Após acordo com líderes, acabo de editar a Medida Provisória que prorroga o prazo de adesão ao Refis até o dia 29 de setembro", disse.
A edição da MP para estender o prazo é uma tentativa de acalmar parlamentares da base aliada que temiam a interrupção das adesões e, ao mesmo tempo, negociam com o governo condições ainda mais vantajosas de descontos no Refis. Na terça-feira, essas tratativas acabaram respingando no andamento das votações no plenário do Congresso Nacional em meio à expectativa de apreciação do projeto que autoriza a mudança das metas fiscais deste e do próximo ano para um rombo maior.
A dispersão da base acabou jogando a conclusão da votação dos vetos presidenciais, que antecedem o projeto de alteração nos objetivos fiscais, para esta quarta. Até agora a discussão sobre o novo déficit das contas públicas ainda não começou.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia