Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 07 de agosto de 2017. Atualizado às 22h50.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Partidos

Notícia da edição impressa de 08/08/2017. Alterada em 07/08 às 21h30min

'Quero ir para o PT como soldado de Lula', afirma o cantor Agnaldo Timóteo

O cantor e ex-vereador Agnaldo Timóteo disse, nesta segunda-feira, que pretende trocar o PMDB pelo PT para defender o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que considera perseguido pelo juiz Sérgio Moro. A ida de Timóteo para o PT foi antecipada pela coluna de Ancelmo Gois, no Globo.
O cantor afirmou que, se Lula for candidato a presidente da República no ano que vem, ele sairá para deputado federal por São Paulo ou Minas. "Eu quero ir para o PT como soldado do Lula. Eu não sou PT, eu sou Lula Futebol Clube", disse Timóteo. Ele concorreu para vereador do Rio de Janeiro no ano passado, pelo PMDB, mas não se elegeu. "Na minha campanha, o PMDB me ignorou aqui no Rio de Janeiro. O partido não colocou R$ 1,00 na minha conta. Não consegui falar com o (Jorge) Picciani (presidente estadual do PMDB) uma vez. Foi uma coisa horrorosa", afirmou Timóteo. Agnaldo Timóteo se elegeu vereador em São Paulo pelo PP, em 2004, mas depois trocou o partido pelo PR. Em em maio deste ano, Ancelmo Gois informou que o cantor pretendia se filiar ao PT e, antecipou a data de filiação: 13 de setembro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia