Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 17 de agosto de 2017. Atualizado às 00h24.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Notícia da edição impressa de 17/08/2017. Alterada em 16/08 às 21h10min

Estágio: uma via de mão dupla

Josiele Bueno
Conciliar uma dupla jornada equilibrando as atividades escolares ou acadêmicas e vivenciando a experiência do mercado de trabalho não é nada fácil. Esse é o desafio dos estagiários, que visam, a partir da inserção na sua área, o desenvolvimento do conhecimento além da sala de aula. Sabemos que a prática é diferente da teoria, por isso nada melhor do que um estágio para fazer a ponte entre os dois e ser uma forma de testar a escolha profissional.
O número de estudantes que optam por realizar um estágio ainda é pequeno, já que em 2016 havia 740 mil acadêmicos em estágios no Brasil, em comparação ao número total de universitários no País, 8 milhões. Esse mês, em especial, é propício para a reflexão, pois comemoramos o Dia do Estagiário no dia 18 de agosto. Por que não vivenciar na prática os conteúdos aprendidos? Estagiar deve ser encarado como oportunidade de explorar novos caminhos, novos assuntos e horizontes onde há troca de conhecimento entre os colaboradores, criando um intercâmbio de novos planos, ideias e estratégias.
Além disso, dependendo do empenho do estudante e do cenário da empresa, é possível que ocorra a efetivação. Dados da Abres indicam que de 40% a 60% dos estagiários são efetivados ao final do curso ou período de estágio. É uma via de mão dupla, pois os estudantes trazem renovação e oxigenação para as equipes, enquanto aprendem com os profissionais mais experientes. Muitos gestores consideram mais vantajoso efetivar um estagiário, que já está adaptado à cultura da organização, a contratar uma nova pessoa.
Parabenizamos os que já compreenderam a importância do estágio, certamente estão no caminho do sucesso profissional. Aos demais, vamos preparar o currículo? Há uma vaga esperando por você! Partiu conquistar o primeiro emprego? Nunca esqueça: dar o primeiro passo é essencial!
Supervisora da área de Estágios da Fundatec
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia