Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 16 de agosto de 2017. Atualizado às 12h53.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

bolívia

Alterada em 16/08 às 12h54min

Morre em Brasília ex-senador boliviano vítima de acidente aéreo

Morreu na madrugada desta quarta-feira (16) o ex-senador boliviano Roger Pinto Molina, que se encontrava internado em estado gravíssimo no Hospital de Base de Brasília desde o último sábado, após o avião de pequeno porte que pilotava cair próximo ao aeroclube de Luziânia (GO).
Ele vivia na capital federal desde 2013, quando saiu clandestinamente de seu país, após viver por 15 meses na embaixada do Brasil em La Paz. Molina se dizia vítima de perseguição política por fazer oposição ao governo de Evo Morales.
A Aeronáutica investiga as causas do acidente. Molina estava sozinho no avião. Após a queda, ele foi encontrado preso nas ferragens, mas consciente, pelo Corpo de Bombeiros de Luziânia. Após manobras de estabilização, foi levado de helicóptero para a capital federal. Seu estado era gravíssimo, segundo os boletins médicos divulgados no fim de semana.
Segundo informações do Hospital de Base, nesta madrugada ele teve parada cardiorrespiratória e não respondeu às manobras de reanimação, vindo a óbito. Por se tratar de um acidente aéreo, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia