Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 03 de agosto de 2017. Atualizado às 19h20.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Venezuela

Alterada em 03/08 às 19h22min

Procuradora-geral da Venezuela tenta impedir instalação de Constituinte

Luisa Ortega que impedir a instalação que deve ocorrer nesta sexta-feira

Luisa Ortega que impedir a instalação que deve ocorrer nesta sexta-feira


FEDERICO PARRA/AFP/JC
A procuradora-geral da Venezuela, Luisa Ortega, está buscando uma ordem judicial para bloquear a instalação da Assembleia Constituinte no país, que tem a missão de reescrever a Constituição venezuelana. A instalação deve ocorrer nesta sexta-feira.
Ortega apresentou inúmeras queixas à Suprema Corte contestando a constitucionalidade do novo órgão designado pelo governo de Nicolás Maduro, já que a votação foi boicotada pela oposição e declarada inválida por muitos órgãos internacionais.
A medida desta quinta-feira foi arquivado em um tribunal inferior e o pedido deve ser negado pela Suprema Corte, cuja maioria é de juízes ligados a Maduro. A oposição planeja grandes manifestações para protestar contra a instalação da Assembleia Constituinte
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia