Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 02 de agosto de 2017. Atualizado às 00h00.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

ESTADOS UNIDOS

Notícia da edição impressa de 02/08/2017. Alterada em 01/08 às 22h58min

Senado aprova Christopher Wray como novo diretor do FBI

O Senado norte-americano confirmou ontem Christopher Wray como novo diretor do FBI (Departamento Federal de Investigação dos EUA), no lugar de James Comey, demitido pelo presidente Donald Trump em maio. A nomeação contou com 92 votos a favor e cinco contra. Deste modo, ele passará a liderar a agência em plena investigação sobre a suposta interferência da Rússia nas eleições presidenciais e os possíveis vínculos entre Moscou e a campanha de Trump.
Não eram esperadas surpresas na votação, já que a oposição tinha expressado seu apoio a Wray. "É importante que tenhamos um diretor do FBI forte. Não pode haver manipulação", disse Dianne Feinstein, senadora democrata que integra o Comitê Judiciário da Câmara alta.
O novo diretor defendeu sua independência e o respeito à Constituição. "Nunca permitirei que o trabalho do FBI seja conduzido por algo mais que os fatos, a lei e a busca imparcial da justiça", afirmou Wray aos senadores em relação à polêmica criada por Trump, que pediu "lealdade" a Comey pouco antes de demiti-lo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia