Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 27 de agosto de 2017. Atualizado às 22h33.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Transporte

Notícia da edição impressa de 28/08/2017. Alterada em 27/08 às 21h37min

Segunda passagem volta a ser cobrada nos ônibus de Porto Alegre

A segunda passagem voltou a ser cobrada nos ônibus da Capital à meia-noite de domingo. Após seis anos de gratuidade, um decreto publicado em 27 de julho estabeleceu a cobrança de 50% da viagem de integração, ou seja, R$ 2,02. O único caso no qual a isenção será mantida é para estudantes. A alteração vale tanto para vale-transporte como para passe antecipado.
A justificativa da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) para o decreto é de que 35% do custo da passagem paga as isenções, o que significa que, sem as gratuidades, a tarifa poderia custar R$ 2,64. Diante dessa informação, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) incorporou em uma inspeção especial que já realizava a respeito da passagem de ônibus de Porto Alegre uma análise técnica sobre se o valor da tarifa não deveria, então, ser reduzido imediatamente. A Associação dos Transportadores de Passageiros (ATP) alega que o barateamento, se ocorrer, só deve ser implementado no ano que vem.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia