Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 21 de agosto de 2017. Atualizado às 08h49.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Festival de Gramado

20/08/2017 - 20h57min. Alterada em 21/08 às 08h50min

Documentário Secundas é o melhor curta gaúcho no Festival em Gramado

Chaparini (à esquerda) com o diretor Nazario: curta retrata movimento de secundaristas em 2016

Chaparini (à esquerda) com o diretor Nazario: curta retrata movimento de secundaristas em 2016


CAROLINE DA SILVA/ESPECIAL/JC
Caroline da Silva
Atualizada às 23h15min de 20/8/2017
O documentário Secundas venceu como melhor curta da mostra gaúcha no Festival de Cinema de Gramado, cujo resultado foi revelado na noite deste domingo (20) no palco dos festivais, numa noite bem gelada. O curta de Cacá Nazario levou o troféu Assembleia Legislativa. Acesse a lista de vencedores e a reação do júri.
O jornalista Matheus Chaparini está na fita. Ele já havia saído da condição dos bastidores de uma cobertura quando foi preso no exercício de sua função no episódio da ocupação por secundaristas do prédio da Secretaria Estadual da Fazenda, em 2016 em Porto Alegre. Os estudantes de Ensino Médio reivindicavam melhores condições para a Educação pública, além de uma reunião com o governador José Ivo Sartori (PMDB). Naquele momento, o próprio repórter se transformou em pauta.
Agora, no 45º Festival de Cinema de Gramado, Chaparini aparece em primeiro plano novamente. Um dos curtas-metragens selecionados para a Mostra Gaúcha foi Secundas, de Cacá Nazario, sobre o movimento dos adolescentes. Como o repórter participa do filme contando o episódio da prisão e cede imagens que fez no episódio para a produção, ele está credenciado no festival para sua primeira cobertura jornalística do evento e também como ator, participante de um dos títulos. “É inusitado, né? Não sou ator, mas não existe a opção ‘deu depoimento para documentário’”, comenta o profissional.
A ida para a Serra se deu por convite do diretor do curta, mas ele também está produzindo matérias para o jornal JÁ, veículo pelo qual ele trabalhava também em 2016. “Não tinha visto ainda, foi a primeira vez na mostra”, relata Chaparini. “Gostei muito do modo como foi construída a narrativa, porque o filme aborda o movimento das ocupações e os efeitos disso naqueles adolescentes. Eu achei que poderia ser um caminho simplório, uma opção do diretor em explorar as imagens mais impactantes, a parte da violência da desocupação da Secretaria, de uma forma mais sensacionalista, mas o mérito do filme foi não ter trilhado por aí. Ele contextualizou bastante”, afirma.
Ele elogia a construção de Nazario utilizando filmagens produzidas no momento e também resgate de cenas dos atos de protesto e assembleias anteriores: “Os estudantes tinham pautas super sérias, mas o diretor ainda mostra a relação descontraída entre eles, com canto e danças, além da parte tensa, que é o episódio em si".
Nazario, por sua vez, disse que foi questionado no evento sobre a questão de autoria no documentário: “Uma coisa é a autoria das imagens, que foram cedidas, e a outra é a autoria do projeto”, demarca. O cineasta explica: “Cinema não é só suporte, é linguagem. São coisas diferentes. As pessoas confundem. A narrativa é montada de acordo com o teu olhar como autor do projeto”.

Ficha Técnica

  • Direção: Cacá Nazario / 16’
  • Empresa Produtora: KK cinema e vídeo
  • Roteiro: Cacá Nazario, Matheus Piccoli e Iuri Minfroy
  • Produção Executiva: Cacá Nazario
  • Elenco: Barbara Vuelma Gucciardo, Matheus de Vasconcellos Chaparini, Otávio Tinoco, Rafael Severo, Gabriel Severo, Daniel Oliveira Soares, Brisa de Moura Davi, Ivo Agliardi, Lucas Fagundes e Liana Ali
  • Direção de Fotografia: Bruno Polidoro, Cristiano Machado, Caio Rodrigues e Deise Hauesntein
  • Montagem: Iuri Minfroy e Matheus Piccoli
  • Desenho de Som: Guilherme Cássio
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia