Porto Alegre, sábado, 05 de agosto de 2017. Atualizado às 23h50.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Anúncio de novo investimento da GM teve palco de festa em Gravataí

Desde que a General Motors (GM) se instalou no Rio Grande do Sul, governadores são contemplados com estreia de modelos de carros, expansões, novos modelos e mais expansão. Olívio Dutra (PT) deu a largada em 2000 nos primeiros Celtas a serem feitos pela fábrica de Gravataí. Em 2004, a GM anuncia no governo de Germano Rigotto (PMDB) a primeira ampliação, que, no mesmo governo, daria como fruto o Prisma. Com Yeda Crusius (PSDB), veio a novidade da segunda ampliação, em 2009. Tarso Genro (PT) colheu o efeito em 2012, com a chegada do Onix. Agora é a vez de José Ivo Sartori (PMDB), com o terceiro investimento, de R$ 1,4 bilhão, anunciado na quinta-feira (3), em clima de festa, com pavilhão no centro automotivo da GM lotado. Faz parte do ritual um momento mais reservado. Sartori posou com o presidente da GM Mercosul, Carlos Zarlenga, dentro da fábrica. Já o segredo sobre o novo modelo deve ser revelado para quem governar a partir de 2019.
 

FOTO LUIZ CHAVES/PALÁCIO PIRATINI/JC