Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 26 de agosto de 2017. Atualizado às 13h23.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

série b

25/08/2017 - 23h54min. Alterada em 25/08 às 23h56min

Inter bate Paysandu, chega à 6ª vitória seguida e assume a liderança da Série B

Em um Beira-Rio com mais de 37 mil colorados, o Inter venceu o Paysandu por 3 a 2

Em um Beira-Rio com mais de 37 mil colorados, o Inter venceu o Paysandu por 3 a 2


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Após um início complicado na Série B do Campeonato Brasileiro, o Internacional parece mesmo ter entrado nos trilhos Nesta sexta-feira à noite, o time gaúcho bateu o Paysandu por 3 a 2 no Beira-Rio, pela 22.ª rodada, e assumiu a liderança da competição, o que não acontecia desde a primeira rodada.
A sexta vitória seguida levou o time de Guto Ferreira aos 42 pontos, um a mais do que o segundo colocado América-MG, com 41, que empatou sem gols com o Criciúma na abertura da rodada. O Paysandu, com 27 pontos, briga na parte de baixo da tabela. O time paraense ocupa a 14.ª colocação com quatro pontos a mais do que o Santa Cruz, primeira equipe dentro da zona do rebaixamento e que ainda enfrenta o CRB, no sábado, quando a rodada termina.
O jogo já começou a toda velocidade e, com menos de dois minutos de bola rolando, as equipes passaram perto de balançar as redes. Primeiro, Bergson arriscou da entrada da área e quase surpreendeu o goleiro Danilo Fernandes. Na resposta do Inter, William Pottker cruzou, mas Leandro Damião errou a finalização.
Na próxima chance que teve, aos dez minutos, Damião não perdoou. D'Alessandro fez lançamento longo buscando o atacante que, com dois toques na bola, dominou tirando do zagueiro e encobriu o goleiro para abrir o placar com um golaço.
Aos 35 minutos, o Paysandu respondeu novamente com Bergson e empatou. Rodrigo cobrou falta para a área, o zagueiro Diego Ivo ganhou de cabeça e, no rebote do goleiro, Bergson completou para o fundo do gol.
Apesar do susto, o Inter seguiu melhor e reagiu ainda no primeiro tempo. No último minuto antes do intervalo, a defesa do Paysandu cortou mal e entregou a bola nos pés de D'Alessandro. O meia argentino tocou para Damião que, livre na área, só teve o trabalho de completar para o gol e marcar pela segunda vez na noite.
Na segunda etapa, a superioridade do Inter foi ainda mais flagrante. Sem precisar se lançar ao ataque por já estar em vantagem, o time da casa apenas administrou a vitória sem sustos e ainda conseguiu ampliar. Aos 23 minutos, com mais uma assistência de D'Alessandro, que cobrou escanteio pela direita, Klaus contou com falha na saída do goleiro Marcos Milnezi e cabeceou para marcar o terceiro.
No final, o Paysandu ainda descontou mais uma vez. Ao 39 minutos, Welinton Junior ganhou a disputa pelo alto com Cláudio Winck e cabeceou para dar números finais ao jogo. O time ainda ensaiou uma pressão no final, mas nada mudou.
A Série B terá uma pausa de uma semana, mas o Internacional joga na próxima quarta-feira, às 19h30, pelas quartas de final da Primeira Liga, contra o Atlético-MG, no Beira-Rio. É jogo único para decidir a vaga na semifinal, que deverá ocorrer no domingo.
No dia 9, o Inter visita o Juventude no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul pela Série B. O Paysandu só volta a campo em 8 de setembro, quando recebe o América-MG, no Mangueirão, em Belém, pela 23.ª rodada.
Internacional 3 x 2 Paysandu
Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Klaus, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado (Charles), Edenílson e DAlessandro; Eduardo Sasha (Camilo), Leandro Damião (Nico López) e William Pottker. Técnico: Guto Ferreira.
Marcos Milanezi; Ayrton (Lucas Taylor), Diego Ivo, Fernando Lombardi e Peri; Nando Carandina, Renato Augusto, Rodrigo Andrade (Welinton Junior) e Rodrigo; Bergson (Magno) e Marcão. Técnico: Marquinhos Santos.
Árbitro: Grazziani Maciel Rocha (RJ)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 26/08/2017 09h48min
INTERNACIONAL 3 x 2 PAYSANDU !!!nnBah Tchê, agora vai, o time está começando a engrenar cada vez mais, mesmo assim sabemos que ainda falta muito para ser CAMPEÃO da Série B. Podemos falar que os nossos jogadores estão fazendo história ainda mais depois destas SEIS VITÓRIAS CONSECUTIVAS, que criou uma gordura consistente de muita alegria no astral de todos. Somos fortes candidatos ao título deste ano, porque o nosso grupo é tão grande que podemos sonhar em formar dois times com igual desempenho, já que o Guto Ferreira conseguiu implantar o mesmo sistema de jogo com os titulares e reservas. Agora que chegamos à liderança não vai ter pra ninguém, VAMOS ficar neste G4 até o fim e levantar esta TAÇA INÉDITA DE CAMPEÃO BRASILEIRO DA SÉRIE B 2017, depois de tantos anos na SÉRIE A. Estes últimos resultados conseguiram nos dar um pouco mais de OTIMISMO. Abs. Dorian Bueno Google + Plus, 26.08.2017nn