Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 17 de agosto de 2017. Atualizado às 18h18.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

grêmio

Alterada em 17/08 às 18h18min

Exame aponta lesão e Geromel vai desfalcar o Grêmio por três semanas

Submetido a exames, o jogador teve uma lesão de grau 2 diagnosticada na coxa direita

Submetido a exames, o jogador teve uma lesão de grau 2 diagnosticada na coxa direita


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
O técnico Renato Gaúcho não poderá contar com o zagueiro Pedro Geromel para os próximos compromissos do Brasileirão e da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira, o Grêmio confirmou a lesão muscular sofrida pelo jogador e informou que ele deverá ficar afastado dos gramados por cerca de três semanas.
Geromel se contundiu no triunfo por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, quarta-feira, pela ida das semifinais da Copa do Brasil. Ele sentiu dores na coxa direita e precisou ser substituído. Submetido a exames, o jogador teve uma lesão de grau 2 diagnosticada no local, conforme explicou o médico do clube, Márcio Bolzoni.
"Após os exames realizados, se constatou que é uma distensão grau 2 do (músculo) adutor da coxa direita. É uma lesão que deve deixá-lo fora por três semanas, a princípio. Mas medicina não é uma matemática exata", constatou o médico nesta quinta.
Se as três semanas de prazo forem confirmadas, Geromel perderá pelo menos duas partidas do Campeonato Brasileiro, contra Atlético-PR e Sport, além do jogo de volta contra o Cruzeiro e uma possível primeira partida da decisão da Copa do Brasil, no dia 7 de setembro. Por outro lado, não deverá ser problema para as quartas de final da Libertadores, contra o Botafogo. O duelo de ida vai acontecer no próximo dia 13, no Rio.
Bolzoni explicou que as três semanas de prazo, a princípio, são para o jogador voltar a atuar normalmente. "O prazo de três semanas seria para voltar a atuar. Dentro destas três semanas, ele faria atividades progressivas. Mas trabalho com bola, efetivo, de disputa, só depois deste período."
Sem Geromel, Bressan deverá formar dupla de zaga com Kannemann nas próximas partidas do Grêmio. Isso porque o reserva imediato, Rafael Thyere, também está em recuperação de uma contusão. Ele torceu o tornozelo em um treinamento no fim de julho e segue sem condições de jogo.
"O Thyere sofreu um entorse no tornozelo, de grau 2, e a partir deste fim de semana deve fazer trabalho com bola. Não está completamente recuperado, não está entregue ao departamento técnico. Precisa ainda de alguns dias. Mas está em fase final de recuperação", explicou Bolzoni.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia