Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 13 de agosto de 2017. Atualizado às 18h32.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 13/08 às 18h37min

Sob os olhares de Reinaldo Rueda, Flamengo perde para o Atlético-MG por 2 a 0

O Atlético Mineiro se recuperou da frustrante eliminação na Copa Libertadores para o modesto Jorge Wilstermann, da Bolívia, no meio de semana, ao vencer o Flamengo por 2 a 0, neste domingo, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro - a abertura do returno.
Acertado com o clube rubro-negro carioca para substituir o técnico Zé Ricardo, o colombiano Reinaldo Rueda esteve acompanhando o confronto nas tribunas, enquanto que Jayme de Almeida esteve no banco de reservas. O Flamengo chegou ao terceiro jogo sem vitória e caiu para a sexta colocação, com 29 pontos.
Reabilitado após duas derrotas seguidas, o Atlético Mineiro chegou aos 26 pontos e está na zona intermediária da tabela de classificação. O time mineiro aliviou a pressão e quebrou uma série de quatro derrotas seguidas como mandante, onde perdeu para Santos, Bahia, Vasco e Corinthians. A sua última vitória, por curiosidade, aconteceu diante do rival Cruzeiro, no mesmo estádio Independência, por 2 a 1, pela 11.ª rodada, no dia 2 de julho.
O duelo começou com os dois times se estudando, até que o árbitro goiano Elmo Alves Resende Cunha marcou pênalti de Trauco em cima de Luan aos 15 minutos. Fábio Santos deslocou o goleiro Diego Alves e abriu o placar para o Atlético Mineiro. Na sequência, Elias aproveitou sobra e chutou forte rente à trave.
O Flamengo não conseguia criar e apostava demais nas bolas aéreas. Foi justamente assim que aconteceu o primeiro e seu único lance de perigo no primeiro tempo. Éverton Ribeiro cobrou falta e Rhodolfo se antecipou ao goleiro Vitor para desviar de cabeça por cima do gol.
A situação do time carioca ficou mais complicada aos seis minutos da segunda etapa, quando Trauco recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Logo na sequência, aos oito, Luan ganhou de Réver e cruzou rasteiro para Rafael Moura ampliar, jogando um balde de água fria no adversário. Sem forças para reagir, o Flamengo ainda viu os donos da casa desperdiçarem várias oportunidades.
Cazares cobrou falta por cima da barreira e a bola passou raspando o travessão. Depois, Diego Alves teve que trabalhar em chutes de Rafael Moura e Otero. No Lando atleticano, Victor foi mero espectador no segundo tempo, não fazendo sequer uma defesa
Pela 21.ª rodada, o Atlético Mineiro volta a campo apenas no próximo dia 21, uma segunda-feira, contra o Fluminense, às 20 horas, no estádio do Maracanã, enquanto que o Flamengo recebe o Atlético Goianiense no sábado, às 19 horas, no estádio Luso-Brasileiro, ambos no Rio.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia