Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 06 de agosto de 2017. Atualizado às 22h15.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Brasileirão - Série A

Notícia da edição impressa de 07/08/2017. Alterada em 06/08 às 22h11min

Grêmio fecha turno na vice-liderança

Encostar no líder Corinthians parece cada vez mais difícil, mas o Grêmio vem fazendo o possível para não deixar os paulistas dispararem no Campeonato Brasileiro. Ontem, mesmo com time misto, o Tricolor dominou as ações e venceu o Atlético-MG por 2 a 0, chegando aos 39 pontos e garantindo a vice-liderança ao fim do primeiro turno.
A proposta do Atlético-MG era jogar fechado, esperando o Grêmio para atacar no contragolpe. Mas foram necessários apenas cinco minutos para o Tricolor desmontar essa estratégia - ironicamente, em um contra-ataque próximo da perfeição. Após escanteio do Galo, Luan puxou a ação ofensiva e abriu para Everton, que escapou pela direita e cruzou com categoria para Pedro Rocha abrir o placar.
Mesmo com um time misto, o Grêmio jogava com tranquilidade, enquanto o Galo, também cheio de reservas, parecia confuso. O segundo gol gremista não demorou a sair. Aos 27 minutos, após longa troca de passes, Léo Moura cruzou para Pedro Rocha. Victor salvou no cabeceio, mas Fernandinho pegou o rebote e ampliou.
No intervalo, o Atlético-MG tentou ganhar mais poder ofensivo, colocando Robinho no lugar de Elder. Mas a mudança surtiu pouco efeito, e o Grêmio manteve o jogo sob controle. No fim, a consagração do estreante Paulo Victor: em cobrança de pênalti, Robinho bateu mal, e o goleiro espalmou com segurança por cima do gol. Punidos com o terceiro cartão amarelo, Arthur e Maicon ficam de fora do confronto contra o Botafogo, no próximo domingo, no Rio de Janeiro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia