Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 06 de agosto de 2017. Atualizado às 17h50.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

vôlei

Alterada em 06/08 às 17h52min

Evandro e André vencem austríacos e são campeões no Mundial de Vôlei de Praia

Dupla brasileira calou as arquibancadas com uma atuação decisiva nos momentos finais dos sets

Dupla brasileira calou as arquibancadas com uma atuação decisiva nos momentos finais dos sets


EXPA/SEBASTIAN PUCHER/APA/AFP/JC
O Brasil subiu no lugar mais alto do pódio no Mundial de Vôlei de Praia, em Viena, na Áustria. Logo em sua primeira temporada atuando juntos, Evandro e André surpreenderam os favoritos e garantiram o título da competição com uma bela vitória na decisão sobre a dupla da casa Doppler e Horst por 2 sets a 0, com parciais de 23/21 e 22/20, neste domingo.
Em uma arena lotada e embalando os austríacos, Evandro e André calaram as arquibancadas com uma atuação segura e decisiva nos momentos finais dos sets. Com isso, os dois brasileiros conquistaram pela primeira vez o título do Mundial, que é disputado a cada dois anos.
Até pelo pouco tempo atuando juntos, Evandro e André entraram como zebras na competição, que tinha os atuais campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt como maiores esperanças de título do Brasil. E depois de uma primeira fase apenas razoável, com direito a derrota para a dupla mexicana Virgen/Otiveros, os brasileiros arrancaram no mata-mata para a conquista.
Apesar do triunfo, os brasileiros não começaram bem neste domingo. Talvez sentindo o peso da decisão e da arena lotada, viram Doppler e Horst arrancarem nos primeiros pontos e abrirem vantagem confortável no placar.
O primeiro set parecia ser dos donos da casa quando o placar apontava vantagem de 20 a 16 para eles. Mas Evandro emendou uma sequência incrível de saques - foram seis aces para ele somente no primeiro set - e garantiu o empate. Nervoso, Doppler errou em outro serviço, desta vez de André, e deu o triunfo ao Brasil.
A incrível virada embalou os brasileiros e minou a confiança austríaca. A vantagem era pequena, mas sempre a favor da dupla sul-americana no segundo set. E o equilíbrio se estendeu até os últimos pontos.
Apesar da maior experiência dos austríacos, era a dupla do Brasil que parecia atuar junta há anos. Com bons saques e aproveitando a altura de ambos, o time brasileiro se manteve à frente. Evandro chegou a desperdiçar um ataque no match point, mas logo depois, André subiu alto em bloqueio e garantiu o título mundial.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia