Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 30 de agosto de 2017. Atualizado às 16h13.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria

30/08/2017 - 16h14min. Alterada em 30/08 às 16h18min

Após três anos, indicador de produção da indústria gaúcha supera os 50 pontos

Levantamento aponta expectativa otimista de empresários gaúchos

Levantamento aponta expectativa otimista de empresários gaúchos


ANDREW CABALLERO-REYNOLDS/AFP/JC
Divulgada nesta quarta-feira (30) pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), a Sondagem Industrial do Rio Grande do Sul registrou, em julho, uma alta de quase três pontos no indicador de produção. De acordo com o levantamento, o índice atingiu 51,6 pontos, contra 48,7 registrados em junho. É o melhor resultado para julho em quatro anos e a primeira vez desde março de 2014 que o número supera os 50 pontos.
A pesquisa apontou também que o emprego continua caindo, mas em ritmo menor do que no mês anterior. Por outro lado, a ociosidade na indústria gaúcha continua alta: a utilização da capacidade instalada (UCI) atingiu 66%, dois pontos percentuais acima de junho.
Mesmo com as dificuldades, o setor conseguiu manter os estoques ajustados ao nível planejado pelas empresas. De acordo com o presidente da Fiergs, Gilberto Porcello Petry, os indicadores mostram uma expectativa otimista por parte dos empresários.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia