Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 25 de agosto de 2017. Atualizado às 18h28.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 25/08 às 18h32min

Bolsas de Nova Iorque fecham sem direção definida, mas têm ganho semanal

As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam sem direção definida nesta sexta-feira (25), mas o S&P 500 observou seu primeiro ganho semanal em três semanas, após os discursos dos presidentes dos bancos centrais dos EUA e da zona do euro, Janet Yellen e Mario Draghi, respectivamente.
O índice Dow Jones fechou em alta de 0,14%, aos 21.813,67 pontos; o S&P 500 subiu 0,17%, para 2.443,05 pontos; e o Nasdaq recuou 0,09%, para 6.265,64 pontos. Na semana, o Dow Jones subiu 0,64%; o S&P ganhou 0,72% e o Nasdaq avançou 0,79%.
No começo da sessão, Yellen disse que economia estava se estabilizando, mas não fez comentários específicos sobre política monetária durante seu discurso na reunião de dirigentes de bancos centrais no simpósio anual de Jackson Hole, em Wyoming Mais tarde, Draghi disse que a recuperação em economias globais está se firmando, embora "em estágio mais precoce" na Europa e no Japão.
Ainda assim, notícias corporativas continuaram a conduzir os movimentos em setores individuais. As ações de companhias de consumo apresentaram os piores resultados, encerrando a semana em queda de 1%, após balanços desapontadores da J.M. Smucker e da Hormel Foods nesta quinta-feira. Hoje, essas empresas viram seus papéis recuarem 2,20% e 2,34%, respectivamente.
Varejistas de alimentos também sofreram. A General Mills, Kellogg e a Campbell Soup recuaram mais de 3% na semana após a Amazon.com dizer ontem que planeja cortar os preços do mercado Whole Foods após o acordo para comprar a rede. (Com informações da Dow Jones Newswires)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia