Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 25 de agosto de 2017. Atualizado às 16h53.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 25/08 às 16h57min

Ouro fecha em alta, beneficiado pela queda do dólar

O contrato futuro do ouro avançou nesta sexta-feira, encontrando apoio no recuo do dólar, que tornou o metal mais barato para investidores de outros países.
O dólar passou a cair depois de os participantes do mercado terem se decepcionado pelo fato de a presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Janet Yellen, não ter abordado política monetária em seu discurso, no simpósio anual em Jackson Hole.
Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para dezembro fechou em alta de 0,47%, a US$ 1.297,90 por onça-troy. Esse foi o fechamento mais alto desde 5 de junho, de acordo com o FactSet.
O euro foi destaque ante o dólar, ganhando impulso após a publicação do discurso do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, também no simpósio. Draghi disse que o protecionismo representa um sério risco para o crescimento da economia global, indo na direção contrária da proposta do governo do presidente americano, Donald Trump.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia