Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 21 de agosto de 2017. Atualizado às 22h57.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

consumo

Notícia da edição impressa de 22/08/2017. Alterada em 21/08 às 20h24min

Expoagas começa hoje no Centro de Eventos da Fiergs

A 36ª Convenção Gaúcha de Supermercados - Expoagas 2017 começa hoje com o número recorde de 24 mil pré-inscritos. A Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), organizadora do evento, projeta a movimentação de R$ 497 milhões em transações entre visitantes e os 347 expositores, volume 6% superior ao da edição passada. Serão lançados pelo menos 800 novos produtos, equipamentos e serviços.
A exposição e o ciclo de palestras, oficinas práticas e visitas técnicas vão oportunizar networking, novas parcerias, qualificação e negócios para toda a cadeia do abastecimento. A expectativa é que 44 mil pessoas ligadas ao varejo, ao setor atacadista, ao segmento produtivo e à indústria passem pelo Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre, até quinta-feira.
"Queremos desmistificar a ideia de que a feira é para grandes empresas. O pequeno comerciante que visitar a Expoagas 2017 certamente sairá melhor e mais preparado para os desafios do mercado, seja pelo ciclo de palestras proporcionado no evento ou pelas parcerias comerciais que estarão à disposição na feira", projeta o presidente da Agas, Antônio Cesa Longo.
Além de supermercadistas, participam representantes de padarias, farmácias, bares, restaurantes, lojas de conveniência, açougues, bazares, petshops e hotéis. A programação completa pode ser conferida no site www.agas.com.br.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia